Contação de Histórias - Viagem Literária

6 a 9 de agosto
13 A 16 de Agosto
20 a 23 de Agosto
27 a 30 de Agosto

Módulo_Presencial

Foto: Rogener Pavinski

Ademir Apparício Júnior

Ator-pesquisador, palhaço, contador de histórias, produtor criativo, arte-educador e mímico. Aprendeu a arte de contar histórias com Dolores, sua avó paterna. Formado em Gestão Cultural, diplomado em Mímica Total, Teatro Físico e Arte Dramática. Patrono da cadeira 19 da Academia Brasileira de Contadores de Histórias e membro da Rede Internacional de Contadores de Histórias. Também faz parte do grupo de pesquisas teatrais Coletivo MÓ, coordenado pela atriz-pesquisadora Naomi Silman, da Lume Teatro. Idealizador e produtor do Festival Nacional de Contadores de Histórias no Ciberespaço, realizado com recursos do ProAC Expresso Lei Emergencial Aldir Blanc.

_DATAS E HORÁRIOS

06/08 • 09h | 14h • Sabino
07/08 • 09h | 14h • Lins
08/08 • 09h | 14h • Uru
09/08 • 09h | 14h • Borborema


Foto: Divulgação

Camila Genaro

Antes de se tornar contadora de histórias, era uma "escutadora de histórias", encontrando nas tradições orais e nos clássicos da literatura uma forma de ampliar seu mundo. Atualmente, é reconhecida como referência em história oral, ocupando a posição de acadêmica-patrona da cadeira 18 da Academia Brasileira de Contadores de Histórias. Além de ser apresentadora de TV, palestrante, formadora de novos contadores e influenciadora digital, também se aventura na escrita. Com uma extensa lista de participações em feiras, festivais e encontros de literatura oral, acumula prêmios em reconhecimento ao seu trabalho, incluindo o Prêmio Anita Garibaldi e o Troféu Baobá, considerado o mais importante dos contadores de histórias do Brasil.

_DATAS E HORÁRIOS

06/08 • 09h | 14h • São José do Barreiro
07/08 • 09h | 14h • São Bento do Sapucaí
08/08 • 09h | 14h • São José dos Campos
09/08 • 09h | 14h • Itaquaquecetuba


Foto: Divulgação

Cia. Bisclof

Fundada em 2015, surgiu do desejo em comum de dialogar, por meio da arte, com públicos de todas as idades utilizando linguagem simples, lúdica e divertida, mesclando diferentes linguagens artísticas. Desde então, realiza intervenções artísticas, contações de histórias e oficinas artístico-pedagógicas em diversas programações, espaços e bibliotecas, como unidades do Sesc, BiblioSesc, Sesi, Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural Penha, Galeria Olido, Museu da Imagem e do Som, Viagem Literária, viradas culturais, Mostra Sesc Cariri de Culturas, Bienal Internacional do Livro de São Paulo, Fábricas de Cultura, Recreio nas Férias, entre outras instituições e eventos.

_DATAS E HORÁRIOS

27/08 • 09h | 14h • Lourdes
28/08 • 09h | 14h • Birigui
29/08 • 09h | 14h • Penápolis
30/08 • 09h | 14h • Guaiçara


Foto: Edson Retratos

Cia. Malas Portam

Desde 2017 se dedica ao estudo de linguagens artísticas, como teatro, música, literatura e brincadeiras. Percorreu nove estados brasileiros e participou de treze festivais internacionais. Suas pesquisas resultaram em sete espetáculos de contação de histórias - dois musicais infantis, oficinas e cinco livros: A lagarta caolha, O pé de guaraná, Na beira da lagoa, 99 brincadeiras cantadas, Meu amigo ET e um DVD denominado Kit malas portam, com seis músicas autorais e duas narrações de histórias.

_DATAS E HORÁRIOS

13/08 • 09h | 14h • Adamantina
14/08 • 09h | 14h • Parapuã
15/08 • 09h | 14h • Bastos
16/08 • 09h | 14h • Herculândia


Foto: Izabel Cristina

Cia. Mapinguary

Criada em 2000 por Carlos Godoy com a proposta de contação de histórias com narrativa oral cênica. Tem como fontes inspiradoras o folclore infantil, o teatro de bonecos e os contos populares do Brasil e do mundo. A companhia viaja pelo Brasil se apresentando em bibliotecas públicas, escolas, casas de cultura, centros culturais, livrarias e unidades do Sesc. Em 2014, foi convidada para o Festival Internacional de Contadores de Histórias Akuentajui, na Colômbia.

_DATAS E HORÁRIOS

13/08 • 09h | 14h • Charqueada
14/08 • 09h | 14h • Piracicaba
15/08 • 09h | 14h • Limeira
16/08 • 09h | 14h • Nova Odessa


Foto: Nathalia Kwast

Cia. Pé do Ouvido

Criada em 2013, compartilha contos de tradição oral e narrativas literárias. A dupla participou do Viagem Literária, gravou contações de história no programa Quintal da Cultura, da TV Cultura, e tem se apresentado em bibliotecas, unidades do Sesc, centros culturais e escolas. Em 2021,  montou seu primeiro espetáculo teatral, Os filhos de Iauaretê, a onça-rei, de Kaká Werá, com direção de Thaís Medeiros.

_DATAS E HORÁRIOS

20/08 • 09h | 14h • Ubarana
21/08 • 09h | 14h • Tabapuã
22/08 • 09h | 14h • Monte Aprazível
23/08 • 09h | 14h • Colina


Foto: Malaki

Cia. Rabo de Cutia

Nasce em 2020 com a contadora de histórias e atriz, Sandra Guzmán, e o músico André Gonçalves. Movidos pela inquietação da vivência artística por meio do teatro, da narração de histórias e da música, que vestem o colorido da cultura popular. Soma oito projetos para diferentes públicos, participando do Viagem Literária, viradas culturais, ProArt, festivais nacionais e internacionais com contadores de histórias.

_DATAS E HORÁRIOS

13/08 • 09h | 14h • Pereira Barreto
14/08 • 09h | 14h • Santa Fé do Sul
15/08 • 09h | 14h • Guararapes
16/08 • 09h | 14h • Valparaíso


Foto: Rafael Strabelli

Drika Nunes

Comunicóloga, atriz, contadora de histórias e mediadora de leitura. Atuou como professora de literatura viva no projeto Metamorfoses da ONG Casulo e como professora especialista na arte de contar histórias pela Associação Crescer Sempre. Criadora da Cia. Hespérides, realiza apresentações nacionais e internacionais em teatros, bibliotecas, praças, centros culturais, escolas, livrarias, presídios e hospitais, para públicos de todas as idades. Membro da Red Internacional de Cuentacuentos. Em 2023, tornou-se patrona na Academia Brasileira de Contadores de Histórias, ocupando a cadeira  8, e recebeu o Troféu Baobá, considerado o mais importante dos contadores de histórias do Brasil.

_DATAS E HORÁRIOS

20/08 • 09h | 14h • Presidente Venceslau
21/08 • 09h | 14h • Rosana
22/08 • 09h | 14h • Narandiba


Foto: Divulgação

Ih, Contei!

Leandro Pedro e Elton Pinheiro são contadores de histórias e fundadores da companhia, criada em 2012, que trabalha nas áreas de literatura, artes cênicas e cultura popular. Desenvolvem projetos de contação de histórias, publicação de livros, oficinas, festivais, intervenções poéticas, produções especialmente voltadas à infância, com atividades que já passaram por mais de 60 cidades do Brasil.

_DATAS E HORÁRIOS

12/08 • 09h | 14h • Ibaté
13/08 • 09h | 14h • Franca
14/08 • 09h | 14h • Batatais
15/08 • 09h | 14h • Cravinhos


Foto: Divulgação

Juvenal Bernardes

Contador de histórias, palhaço, escritor e editor. Publica seus cordéis A guerra do macaco com a onça, Cordel patrimonial, Contos populares em cordel e Tato, o tatu pela Manuguita Edições. Como contador de histórias desenvolveu vários projetos, como A Hora do Conto na Escola e Passa na Praça.

_DATAS E HORÁRIOS

20/08 • 09h | 14h • Ibiúna
21/08 • 09h | 14h • Itapevi
22/08 • 09h | 14h • Cotia
23/08 • 10h | 15h • São Paulo - BSP


Foto: Paulo Savala

Kiara Terra

Cursou Arte Dramática e Comunicação das Artes do Corpo, com habilitação em Performance Arte. É doutoranda em Sociologia da Infância, em Portugal. Em 1998 iniciou a pesquisa do método de narrativas colaborativas a partir da escuta das perguntas dos públicos e fundou a metodologia A História Aberta, que integra oralidade e improvisação. Nos últimos 15 anos viajou por diversos lugares formando educadores e participou de importantes iniciativas nacionais e internacionais ligadas à defesa dos direitos das crianças e dos jovens.

_DATAS E HORÁRIOS

13/08 • 09h | 14h • Marília
14/08 • 09h | 14h • Vera Cruz
15/08 • 09h | 14h • Garça
16/08 • 09h | 14h • Pederneiras


Foto: Marcela Beltrão

Lígia Borges

Doutora, mestre e licenciada em Artes Cênicas, atua como educadora de artes. Foi professora de teatro na referência de integração de linguagens artísticas nas infâncias. Fundadora e integrante da Cia. Ginga e Prosa, que circulou em diversos espaços culturais contando histórias. Já atuou como encenadora, atriz e performer em grupos diversos de teatro na cidade de São Paulo.

_DATAS E HORÁRIOS

27/08 • 09h | 14h • Mococa
28/08 • 09h | 14h • Santa Cruz das Palmeiras
29/08 • 09h | 14h • Porto Ferreira
30/08 • 09h | 14h • Cordeirópolis


Foto: Priscila Beal

Mandingueiras da Pracinha

Formada em 2017 pelas contadoras de histórias, brincantes e capoeiristas Paula Castro e Camila Signorini, a companhia atua com narrações de histórias, brincadeiras populares cantadas, mediações, aulas, vivências e oficinas culturais em diversos espaços e programas educacionais e culturais. Participou da Virada Cultural, do Festival Literário de Votuporanga, do Viagem Literária, da reinauguração do Teatro Municipal Humberto Sinibaldi e produziu o espetáculo Quintal de Encantarias. Atualmente desenvolve os projetos Conto! e Água de Beber, ambos contemplados pela Lei Paulo Gustavo.

_DATAS E HORÁRIOS

20/08 • 09h | 14h • Cananéia
21/08 • 09h | 14h • Itanhaém
22/08 • 09h | 14h • Cubatão
23/08 • 9h30 | 15h • São Bernardo do Campo


Foto: Gustavo Levine

Márcio Maracajá

Atua em várias frentes artísticas, como ator, contador de histórias, diretor, cenógrafo, educador e fundador da Cia. de Projetos Cênicos e da Cia. Sá Totonha. Sua alma andarilha segue passos da velha senhora Totonha, personagem de José Lins do Rego, sua grande fonte de inspiração. Multiartista pernambucano falando para o mundo.

_DATAS E HORÁRIOS

06/08 • 09h | 14h • São Sebastião
07/08 • 09h | 14h • Guararema
08/08 • 09h | 14h • Santo André
09/08 • 09h | 14h • Diadema


Foto: Lara Valença

Mari Bigio

Escritora, cordelista, contadora de histórias, compositora, cantora e radialista com 17 anos de carreira, tendo recebido diversos prêmios ao longo dessa trajetória. Possui dezenas de cordéis e 17 livros infantis publicados, além de álbuns musicais e canções disponíveis para escuta nas principais plataformas digitais. No seu canal no YouTube é possível encontrar algumas de suas histórias, nas quais mistura cordel, música, sonoplastia, teatro de bonecos, mamulengos, fantoches e outros recursos cênicos.

_DATAS E HORÁRIOS

20/08 • 09h | 14h • Pinhalzinho
21/08 • 09h | 14h • Itatiba
22/08 • 09h | 14h • Caieiras
23/08 • 10h | 15h • São Paulo - BVL
27/08 • 09h | 14h • Pardinho
28/08 • 09h | 14h • Itapetininga
29/08 • 09h | 14h • Tatuí
30/08 • 09h | 14h • Itu


Foto: Divulgação

Tricotando Palavras

Pesquisa o teatro, a contação de histórias, a música e as manifestações populares brasileiras há 13 anos. Realiza apresentações por todo o Brasil, circulando por unidades do Sesc, escolas, bibliotecas e espaços culturais diversos.

_DATAS E HORÁRIOS

27/08 • 09h | 14h • Barão de Antonina
28/08 • 09h | 14h • Ourinhos
29/08 • 09h | 14h • Santa Cruz do Rio Pardo
30/08 • 09h | 14h • Lençóis Paulista


Blog

Fique por dentro de tudo o que acontece nos três módulos do Viagem Literária!

Vem aí mais uma edição do Viagem Literária!

Vem aí mais uma edição do Viagem Literária!

Prepare-se para embarcar na 16ª edição do Viagem Literária! Em 2024, o programa vai levar os participantes a uma jornada encantadora pelo mundo dos livros, onde histórias ganham vida e a imaginação voa sem limites.Em torno de atividades voltadas à poesia do cordel e o Prêmio São Paulo de Literatura, neste ano, 335 novas iniciativas lideradas por 42 figuras inspiradoras serão apresentadas em turnê por 67 bibliotecas de 66 municípios paulistas, em uma iniciativa da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo.Enquanto arruma as malas para partir para esta grande jornada pelo universo da literatura, livros, contação de histórias, bibliotecas, encontros com escritores e muito mais, entre no clima da viagem!De agosto a outubro deste ano, acontecerão três módulos: Contação de Histórias: Literatura de Cordel (6 a 30 de agosto), Clubes de Leitura: Prêmio São Paulo de Literatura (2 a 27 de setembro) e Encontros com Escritores: Prêmio São Paulo de Literatura (1º a 25 de outubro).Para celebrar junto aos participantes, alguns dos títulos dos 17 escritores envolvidos neste módulo estão disponíveis na BibliON, a biblioteca digital gratuita de São Paulo.  Todas as ações são abertas aos públicos e a programação completa pode ser encontrada aqui.O programa do Governo do Estado de São Paulo, por meio do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas), é realizado pela SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura. Desde a sua criação em 2008, o Viagem Literária já percorreu 235 municípios paulistas com cerca de quatro mil ações. Contou com a participação de 294 convidados e impactou mais de 380 mil pessoas. Boa viagem!
Até breve!

Até breve!

A edição de 2023 do programa Viagem Literária terminou após quatro meses de intensa programação. A caminhada foi longa: mais de 17 mil quilômetros percorridos, passando por 72 bibliotecas de 71 cidades do Estado de São Paulo. Ao todo, foram realizadas 360 ações presenciais e online para um público de cerca de 16 mil pessoas. O ponto alto do projeto foi a participação de 18 grupos/contadores de histórias e 36 escritores, que compartilharam seus talentos e vivências literárias. Neste ano, o programa foi estruturado em três módulos, cada um oferecendo uma experiência única para os participantes. O primeiro abraçou a escrita criativa, com destaque para o ambiente de aprendizagem colaborativo, onde era possível compartilhar ideias, receber feedback dos autores e aprender novas técnicas e estilos. Foram 72 encontros virtuais, com 1.134 participantes, promovidos por um elenco de peso: Bruna Beber, Bruno Ribeiro, Edson Krenak, Flávio Cafieiro, Helo D’Angelo, Ilustralu, Márcio Vassallo, Michel Yakini-Iman, Neide Almeida, Plínio Camillo, Rafael Gallo, Reginaldo Pujol Filho, Roberto Ferreira, Sacolinha, Socorro Acioli, Stephanie Borges, Vanessa Passos e Wlange Keindé. O segundo módulo foi dedicado à contação de histórias, onde os profissionais convidados encantaram a plateia com brincadeiras, música e narrativas envolventes, despertando a imaginação e a paixão pela leitura. Foram 144 apresentações presenciais, dirigidas a mais de 12 mil pessoas, realizadas por um seleto time, composto por Ademir Apparício, Badaiá Arte, Camila Genaro, Cia. Bisclof, Cia. Koi, Cia. Malas Portam, Cia. Mapinguary, Cia. Pé do Ouvido, Cleber Fabiano, Cristino Wapichana, Drika Nunes, Ih, Contei!, Ivani Magalhães, Jô Jorvino, Mandingueiras da Pracinha, Mari Bigio, Sandra Guzmán & Cia. Rabo de Cutia e Tricotando Palavras. O terceiro módulo, Oficinas e Encontros com Escritores, permitiu um contato direto do público com grandes autores, como Aline Valek, André Dahmer, Cláudia Lemes, Estevão Azevedo, Fábio Kabral, Felipe Castilho, Ignácio de Loyola Brandão, Ilan Brenman, Joselia Aguiar, Julie Dorrico, Lúcia Hiratsuka, Luciene Vignoli Müller, Luiza Romão, Michel Yakini-Iman, Monique Malcher, Nina Rizzi, Rita Carelli e Sergio Rodrigues. As aulas e bate-papos presenciais sobre os processos e bastidores da criação literária resultaram em momentos de aproximidade e interação entre os autores e leitores e contaram com a presença de 3.445 pessoas. Ao longo de toda programação, o Viagem Literária celebrou não apenas a literatura brasileira contemporânea, dando luz a obras de vários escritores, mas também fortaleceu a importância das bibliotecas como espaços de encontro, aprendizado e diversidade cultural, deixando como legado a formação de novos leitores e escritores. O Viagem Literária é um programa do Governo do Estado de São Paulo, realizado por meio do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas), gerenciado pela SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura. Desde a sua criação em 2008, o programa já percorreu 235 municípios paulistas com mais de 3.600 ações. Contou com a participação de cerca de 300 grupos de contadores de histórias e escritores, e um público de mais de 381 mil pessoas.      
Memórias em cena

Memórias em cena

Fugir do lugar-comum e repensar as cenas do cotidiano com um olhar poético. Essa foi a proposta oficina de escrita criativa “Memórias em cena” da escritora, poeta, educadora e gestora cultural Neide Almeida, para a 16ª edição do programa Viagem Literária. Os encontros virtuais foram realizados de 27 a 30 de novembro, nas bibliotecas das cidades de Jundiaí, Várzea Paulista, Pirapora do Bom Jesus e São Paulo. A primeira atividade da turma foi descrever uma cena vivida ou simplesmente testemunhada. “A partir do conceito ‘escrevivência’, cunhado por Conceição Evaristo, a proposta é registrar por meio da escrita uma cena que tenha afetado os participantes para além de suas vivências individuais”, descreve Neide. O exercício consistia em narrar um acontecimento presenciado pelos participantes, mas com um olhar poético. “Ao usar uma outra lente para enxergar fatos corriqueiros conseguimos ver além do óbvio, isso é o que chamamos de memória poética.” A parte prática do encontro ficou por conta inicialmente da criação de uma legenda para a cena escolhida e posteriormente o desenvolvimento de uma pequena parte de uma história a partir do fragmento escolhido. Como inspiração para o grupo, a autora trouxe trechos de textos de memórias poéticas de autores como Carolina Maria de Jesus, Alberto da Costa e Silva, Zainne Lima da Silva, Ricardo Aleixo e da própria autora.   Neide Almeida é socióloga e especialista em Gestão Cultural e mestra em Linguística. Publicou o livro Nós: 20 poemas e uma Oferenda e tem publicado poemas e crônicas em revistas e antologias. Realiza cursos e eventos pela Fio.de.Contas Produções Culturais.