/ governosp
Secretário Sergio Sá Leitão abre 12º Seminário Internacional Biblioteca Viva em São Paulo - Biblioteca Viva
 

Blog

Secretário Sergio Sá Leitão abre 12º Seminário Internacional Biblioteca Viva em São Paulo

Abrindo o 12º Seminário Internacional Biblioteca Viva – Bibliotecas para todos nós, para hoje e para o futuro, nesta segunda-feira, 2 de agosto, o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, ressaltou a importância de se ter este espaço significativo para discutir, debater e valorizar as bibliotecas que estão se transformando cada vez mais ao repensar o seu papel e sua função.

A centralidade dos debates está no impacto da pandemia nas bibliotecas e as novas possibilidades e experiências que dele derivam. “As bibliotecas estão se tornando, inclusive, virtuais, para que possam continuar cumprindo plenamente a sua missão de levar a leitura ao maior número possível de pessoas, com a missão de compartilhar conhecimento e informação de qualidade com a população. O estado de São Paulo aposta, investe e valoriza a arte, a cultura e a política cultural”, reforça Sá Leitão.

Para o coordenador da Unidade de Difusão Cultural, Bibliotecas e Leitura da Secretaria, Christiano Lima Braga, esta é a plataforma para debater problemas, discutir cases e possibilidade de melhoria e estímulo de melhoria da leitura no Brasil. “Sabemos que esta é um dimensão importante para o crescimento e desenvolvimento do País e para a formação dos cidadãos”, afirma o coordenador.

“Neste ano, o evento acontece de forma virtual -  atendendo aos motivos sanitários e em respeito as mais de 500 mil histórias que nós perdemos ao longo deste período terrível -, com o imperativo de rediscutir o papel das nossas bibliotecas e o modo de realizar este papel num mundo de transformações tão rápidas e, por vezes tão violentas. Qual a contribuição que nos cabe e como podemos efetivar esta contribuição na prática são questões que nós queremos discutir”,  enfatizou o diretor executivo da SP Leituras, Pierre André Ruprecht, durante a abertura do Seminário.

O diretor executivo da SP Leituras deu as boas-vindas a todos os participantes e aqueles que ajudaram na construção do encontro, por acreditarem no projeto da Biblioteca como uma instituição fundante de cultura dos municípios e do Estado, em especial à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo (SECEC). 

A diretora do serviço de informação para América do Sul do Instituto Goethe , parceiro desta e de edições anteriores do Seminário, Anja Riedeberger, falou sobre os desafios da iniciativa: “Acreditamos que, por meio da promoção da cultura e da educação, tendo as bibliotecas como seu veículo, nós podemos mobilizar sujeitos para transformar o mundo”, destaca Anja.

A primeira mesa-redonda “Encontro com escritores: conversas sobre leituras, literaturas e bibliotecas”, que reuniu a poeta pernambucana Cida Pedrosa num bate-papo com a jornalista e escritora Bianca Santana, abriu, nesta segunda-feira, 2 de agosto, o 12º Seminário Internacional Biblioteca Viva – Bibliotecas para todos nós, para hoje e para o futuro.  Por motivos de falta de conexão, a participação de Ailton Krenak, prevista para esta primeira mesa, foi adiada.  Em breve, será divulgado um vídeo sobre o tema, que o líder indígena prepara especialmente para os participantes do Seminário. 

Assista o bate-papo na íntegra pelo canal do YouTube doSisEB.