/ governosp
Arô Ribeiro diverte público com histórias encantadoras - Viagem Literária
Poesia: de 9 a 27 de novembro de 2020 | Contação de Histórias: de 4 a 29 de outubro de 2021

Blog

Arô Ribeiro diverte público com histórias encantadoras

A voz potente, os gestos minuciosamente coreografados e os olhos vidrados das crianças em Arô Ribeiro já entregam o poder de atração de uma boa história. O contador de histórias, que é também ator e fotógrafo, participou do Viagem Literária nas cidades de Descalvado, Santa Cruz das Palmeiras, Mococa e Espírito Santo do Pinhal, entre os dias 18 e 21 de outubro, contando os causos divertidos de Luis da Câmara Cascudo e a história do Boi Leição, de autoria de Stela Barbieri e Fernando Vilela.

 

Para Arô Ribeiro, contar histórias é um ato de descoberta. “É uma forma de conhecer a mim mesmo, desbravar as minhas raízes, entender o meu mundo. Uma história tem tanta potência, que é capaz até de mudar a visão de mundo de uma criança.” Já os contos populares, segundo ele, têm a função de fortalecer a identidade e os valores da população, atualmente desfocada por excessos de informação e influência de outras culturas.

 

O que mais o atrai nas narrativas infantis é a capacidade de fazer as crianças descobrirem na fantasia um mundo de realidade. “Pessoalmente eu adoro os vilões porque eles trazem profundidade para as histórias e são extremamente importantes para fazer as crianças verem o mundo como realmente ele é. O único cuidado é jamais transformá-los em um exemplo positivo”, ensina.

 

Arô Ribeiro ingressou no Teatro Escola Macunaíma, em 1987, fez curso de Butoh com Tadashi Endo, dança-teatro com Hiroshi Koike e teatro de objetos com o Grupo Sobrevento. Já participou de várias montagens teatrais, como Irã, A Pedro do Reino, Don Juan de Molière, Tio Vânia, entre outros. Desde 2014, participa da Cia. Brasilis Playback Theatre.