Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
/ governosp

SP Leituras participa da II Jornada de Ensino e Aprendizagem da Udesc Faed

Postado em 30 DE setembro DE 2022
Crédito: Equipe SP Leituras

O diretor executivo da SP Leituras, Pierre André Ruprecht, participou, no dia 29 de setembro, da mesa de debates “Bibliotecas Parques: desafios e oportunidades”. O encontro integrou a programação da II Jornada de Ensino e Aprendizagem do Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão em Biblioteconomia e Ciência da Informação (Labib), realizada pelo Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), trazendo como tema central "Paulo Freire e a Função Cultural e Social da Biblioteca Parque".

No contexto das bibliotecas inovadoras do século XXI, denominadas bibliotecas parque, Ruprecht discorreu, em sua apresentação “Uma Biblioteca para hoje e para todxs”, sobre como o conceito de biblioteca viva se expressa, atualmente, em casos reais, destacando os exemplos das Bibliotecas de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos - importantes campos de experimentação de práticas compartilhadas com todo o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, SisEB. “Estamos falando sobre a biblioteca de hoje, não a do futuro”, disse o diretor.

Pensar a biblioteca pública contemporânea como um conjunto de práticas e ferramentas para as pessoas produzirem, trocarem e disseminarem conhecimento - tanto no ambiente físico quanto no digital -, são desafios de grandes proporções para esses equipamentos, segundo Ruprecht.  “A ideia de biblioteca viva tem por trás um ovo de Colombo: fazer com que as bibliotecas coloquem o seu foco não no acervo ou nas atividades de conservação, embora sejam importantes, mas no público, nas comunidades”, enfatizou o diretor executivo.  

Nesta perspectiva, a biblioteca do século XXI é colocada no centro das transformações sociais - o que pressupõe ir além de somente prover acesso ou ser um repositório de livros -, caracterizando-se como um centro de conexão cultural, um espaço que seja capaz de oferecer ferramentas para a construção de conhecimento autônomo e formação de comunidades de interesse. “Hoje, o conhecimento não se constrói de maneira isolada, mas coletivamente, o que reafirma, cada vez mais, as novas abordagens que as bibliotecas precisam ter para se relacionar com seus públicos.”, disse Ruprecht. 

O evento, realizado de forma híbrida, teve mediação de Adriane Groehs, e contou com a participação de Natalia Espejo, da Rede de Bibliotecas Parques da Colômbia, que apresentou a atuação do Sistema de Bibliotecas Públicas de Meddelin.

O debate pode ser conferido na íntegra pelo Canal do Labib no YouTube. 

Cadastre-se e receba
nossa Newsletter

Política de Privacidade

Este site é mantido e operado pelo Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB).

Nós coletamos e utilizamos alguns dados pessoais que pertencem àqueles que utilizam nosso site. Ao fazê-lo, agimos na qualidade de controlador desses dados e estamos sujeitos às disposições da Lei Federal n. 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD).

Cookies
Cookies são pequenos arquivos de texto baixados automaticamente em seu dispositivo quando você acessa e navega por um site. Eles servem, basicamente, para que seja possível identificar dispositivos, atividades e preferências de usuários, otimizando a experiência no site. Os cookies não permitem que qualquer arquivo ou informação sejam extraídos do disco rígido do usuário, não sendo possível, ainda, que, por meio deles, se tenha acesso a informações pessoais que não tenham partido do usuário ou da forma como utiliza os recursos do site.

a. Cookies de terceiros
Alguns de nossos parceiros podem configurar cookies nos dispositivos dos usuários que acessam nosso site.
Estes cookies, em geral, visam possibilitar que nossos parceiros possam oferecer seu conteúdo e seus serviços ao usuário que acessa nosso site de forma personalizada, por meio da obtenção de dados de navegação extraídos a partir de sua interação com o site.
O usuário poderá obter mais informações sobre os cookies de terceiros e sobre a forma como os dados obtidos a partir dele são tratados, além de ter acesso à descrição dos cookies utilizados e de suas características, acessando o seguinte link:
https://developers.google.com/analytics/devguides/collection/analyticsjs/cookie-usage?hl=pt-br
https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR
As entidades encarregadas da coleta dos cookies poderão ceder as informações obtidas a terceiros.

b. Gestão de cookies
O usuário poderá se opor ao registro de cookies pelo site, bastando que desative esta opção no seu próprio navegador. Mais informações sobre como fazer isso em alguns dos principais navegadores utilizados hoje podem ser acessadas a partir dos seguintes links:
Internet Explorer:
https://support.microsoft.com/pt-br/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies

Safari:
https://support.apple.com/pt-br/guide/safari/sfri11471/mac

Google Chrome:
https://support.google.com/chrome/answer/95647?hl=pt-BR&hlrm=pt

Mozila Firefox:
https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/ative-e-desative-os-cookies-que-os-sites-usam

Opera:
https://www.opera.com/help/tutorials/security/privacy/

A desativação dos cookies, no entanto, pode afetar a disponibilidade de algumas ferramentas e funcionalidades do site, comprometendo seu correto e esperado funcionamento. Outra consequência possível é remoção das preferências do usuário que eventualmente tiverem sido salvas, prejudicando sua experiência.