“O Viagem Literária devolve às pessoas seu lugar de direito, de infância e de cidadania”, diz Sandra Guzmán - Viagem Literária

Blog

“O Viagem Literária devolve às pessoas seu lugar de direito, de infância e de cidadania”, diz Sandra Guzmán

Julio Reis

Trazer o público de volta à tradição de ouvir histórias é a missão da contadora, brincante e mediadora de leitura, Sandra Guzmán. Para ela, a arte de contar e escutar histórias está nos registros ancestrais. “Naqueles tempos, a narração já era utilizada para transmitir conhecimentos, valores e ofícios.”, diz.

E hoje, o que significada contar e escutar histórias? Para Sandra, que percorre entre os dias 8 e 12 de agosto as cidades de Votuporanga, Potirendaba, Borborema e Pederneiras, durante a 14ª edição do programa Viagem Literária, levar à população este antigo costume popular representa uma forte estratégia para a formação de leitores: “A arte de contar e escutar histórias é a nossa caixa do brinquedos porque é muito prazerosa e traz a essência do ser humano, nos aproxima de nós mesmos e carrega a possibilidade de formar leitores.”, afirma a contadora.  

O repertório das narrações é sempre pensado para aproximar o público das personagens, favorecendo a interação das aventuras de reis, rainhas e sapos. A apresentação das histórias para crianças e adultos é sempre feita para maravilhar, emocionar, distrair, divertir, instruir e formar novos leitores.

Não são poucas as ocasiões que, ao final da narração, crianças, jovens e adultos buscaram nas estantes das bibliotecas e livrarias as histórias que acabaram de ouvir, para continuar vivendo aquele momento de magia e estimulados para a leitura que brinca e diverte.

Por estas e outras, Sandra declara ser fã do Viagem Literária: “O programa devolve as pessoas seu lugar de direito, de infância e de cidadania. Reúne o povo e artistas fazendo com que os cidadãos valorizem cada vez mais a literatura, a mediação, as histórias, a narração e a leitura, promovendo, principalmente, o retorno às bibliotecas - antes, um lugar de opressão e, hoje, um lugar expressão artística. Isso é um lugar de arte e de amor!”, conclui Sandra.

Sandra Guzmán é graduada em Letras e especialista em Arte de Contar Histórias. Ministra oficinas de formação para educadores e bibliotecários que se dedicam à arte da palavra. Em 2020, foi referência em narração de contos populares no material didático para o Ensino Fundamental, desenvolvido pela Eleva Educação. Apresenta projetos de narração de histórias em bibliotecas e, desde 2017, produz conteúdos sobre essa temática para o seu canal no YouTube – Sandra Guzman Narração de Histórias.

 

Governo do Estado de SP