Na visão de Camila Genaro, a brincadeira humaniza as pessoas - Viagem Literária

Blog

Na visão de Camila Genaro, a brincadeira humaniza as pessoas

Marcelo Fabiano

Se tem algo que enche os olhos da Camila Genaro é uma boa história. Apaixonada pelos contos, fábulas e lendas da tradição oral, a narradora de histórias tem o dom de transformar qualquer texto em uma divertida aventura. Nesta edição do Viagem Literária, ela irá presentear o público das cidades de Fernandópolis, Lourdes, Birigui e Penápolis, entre os dias 22 e 25 de agosto, com suas contações repletas de brincadeiras, lembrança de sua boa infância quando reunia os amigos para jogar taco.

 

Camila também se divertia no papel de professora de sua classe de bonecas. “Foi ali que peguei gosto por contar histórias”, conta. Para ela, as histórias e as brincadeiras levam as pessoas de qualquer idade a experimentar novos papéis sociais, aprendendo de forma lúdica a se colocar no lugar do outro e ser empático. “A brincadeira desenvolve dimensões afetivas, sociais e cognitivas, ou seja, nos ensina a sermos humanos.”

 

Esta é a segunda vez que contadora participa do Viagem Literária. O programa, segundo ela, é um presente para os artistas da palavra porque os coloca em contato com um público ávido por ouvir histórias, além de proporcionar a visita a bibliotecas que defendem arduamente o acesso ao livro e à leitura. “Quando acaba a gente fica com aquele gostinho de quero mais e a enorme satisfação de ter fazer parte de algo tão valioso”, destaca.

 

Além de contadora de histórias, Camila também é escritora, palestrante, apresentadora de TV e influenciadora digital. É autora do livro "Muchaleca, o ET Sorridente", ocupa a cadeira 18 da Academia Brasileira de Contadores de Histórias e foi vencedora do Prêmio Anita Garibaldi, nas categorias Cultura de Paz e Incentivo à Leitura.

 

 

 

 

 

Governo do Estado de SP