As histórias promovem uma comunhão com o público - Viagem Literária

Blog

As histórias promovem uma comunhão com o público

Bruno Marangon

Cantigas, brincadeiras de roda, queimada, esconde-esconde e passeios nas bibliotecas. Essas são as brincadeiras preferidas da infância de Rosita Flores e Giba Santana, da Cia. Duo Encantado. Entre os dias 22 e 25 de agosto, a dupla vai fazer o público das cidades de Mococa, Santa Cruz das Palmeiras e Cordeirópolis cantar e dançar pra valer durante a expedição do Viagem Literária.

 

Para eles, muito mais do que levar entretenimento para a população dos municípios por onde passa, o programa tem o dom de fortalecer o vínculo entre a população e as bibliotecas. “O Viagem estimula tanto a formação de novos leitores quanto a frequência nas bibliotecas, espaços incríveis com diversas opções de atividades para toda a família, estabelecendo um encontro de gerações.”

 

O que eles mais gostam no trabalho de contação de histórias é a sinergia que estabelecem com o público. “É algo mágico. A possibilidade de contar uma história olho no olho transforma aquele momento em uma atmosfera de comunhão entre o artista e o público. O fato da história ser recriada em conjunto com a plateia gera um ambiente de cumplicidade e muita emoção”, destaca Rosita. A técnica para isso acontecer é usar a história para criar expectativas e suspenses com o que vai acontecer logo adiante.

 

Desde 2010, a Cia. Duo Encantado trabalha com narração oral de histórias, mediação de leitura, intervenções artísticas e poéticas, brincadeiras regionais da cultura popular e oficinas de formação. Tem como pesquisa a tradição oral em suas abrangências de contos, cantigas, ritmos e brincadeiras para públicos de todas as idades.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Governo do Estado de SP