A Cia. Bisclof acredita que os jogos e as brincadeiras ajudam as crianças a compreender o mundo - Viagem Literária

Blog

A Cia. Bisclof acredita que os jogos e as brincadeiras ajudam as crianças a compreender o mundo

Arquivo Pessoal

Qualquer brincadeira, mesmo a mais espontânea possível, sempre vem carregada de muito aprendizado. Essa é a opinião dos integrantes da Cia. Bisclof, Adreísa Cangussú, Ricardo Barison e Beatriz da Matta, que percorre as cidades de Ibatê, Brotas, Lençóis Paulistas, Botucatu e Pardinho numa verdadeira maratona de contação de histórias pela 14ª edição do programa Viagem Literária.

 

Para eles, os jogos e as brincadeiras desenvolvem a imaginação, ensinam como conviver em grupo e a ter empatia, além de mostrar que em alguns momentos da vida é preciso seguir as regras e em outros quebrar as regras. “As brincadeiras desenvolvem valores e nos ajudam a lidar com os nossos sentimentos e com os sentimentos do grupo. É uma experiência tão rica que a gente deveria brincar a vida inteira.”

 

A Cia. Bisclof também é grande entusiasta do Viagem Literária. De acordo com os integrantes, o programa fortalece a atuação das bibliotecas nos municípios, que passam a ser um espaço de programação cultural e artística. “Esses eventos transformam as bibliotecas em polo cultural da cidade, atraindo público e, o melhor de tudo, tendo os livros como protagonistas.”

 

As contações de histórias da trupe são sempre recheadas de muita música, dança, alegria e interações com o público.  O grupo criado em 2015 nasceu justamente com essa missão: dialogar por meio da arte com pessoas de todas as idades, utilizando linguagem lúdica, divertida e acessível. Com longa trajetória e experiência na produção de intervenções artísticas e espetáculos, já realizaram apresentações em várias unidades do Sesc, Sesi, viradas culturais e festivais literários.

 

Governo do Estado de SP