/ governosp

O Webinar Planejando a retomada: estratégias e medidas de preparação de bibliotecas pós-pandemia será realizado no dia 15 de maio, das 15h às 16h30. A atividade é gratuita e tem inscrições abertas no link http://siseb.sp.gov.br/agenda/ (vagas limitadas). A iniciativa também será transmitida no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=lzhJuWOWpE8.

O evento contará com Adriana Ferrari, Sueli Motta e Valéria Valls, com mediação de Pierre Ruprecht. A ideia é discutir quais cenários, experiências e práticas estão sendo construídos pelas bibliotecas para a retomada de serviços, ações e programação cultural. Afinal, quais são os debates sobre protocolos e estratégias adotados, tendo como base a heterogeneidade de públicos e propósitos da biblioteca contemporânea?

Confira o público-alvo da iniciativa: profissionais das áreas de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Educação, Leitura, Literatura e correlatas. Condições especiais de atendimento, como tradução em Libras, devem ser informadas na inscrição. O link de acesso à plataforma online será enviado um dia antes da atividade. O questionário de avaliação e o certificado serão encaminhados em até uma semana após a ação.

Confira detalhes sobre os palestrantes e o mediador:

Adriana Ferrari é bibliotecária, especialista em Sistemas de Informação e em Gestão da Qualidade. Foi diretora técnica da Biblioteca Florestan Fernandes e do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP. Como assessora na Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, idealizou e coordenou o projeto da Biblioteca de São Paulo e da Biblioteca Parque Villa-Lobos. Atualmente é chefe técnica da Biblioteca Florestan Fernandes e presidente da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (Febab) e membro do Comitê de Bibliotecas Públicas da International Federation of Library Associations (IFLA).

Sueli Motta é bibliotecária, com curso de extensão em Qualidade de Vida no Trabalho, e especialista em Gestão Empresarial. Atuou em biblioteca escolar e foi responsável pela implantação de bibliotecas técnicas em conglomerados nacional e multinacional. Atualmente está na gestão pública como superintendente de biblioteca da SP Leituras, gerenciando dois equipamentos estaduais indicados a prêmios nacionais e internacionais: a Biblioteca de São Paulo e a Biblioteca Parque Villa-Lobos, que recebem mensalmente mais de 40 mil visitantes.

Valéria Valls é doutora e mestre em Ciências da Comunicação e graduada em Biblioteconomia e Documentação, com extensão universitária em Docência. Diretora da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FaBCI/FESPSP), coordenadora acadêmica e docente do curso de graduação em Biblioteconomia e Ciência da Informação e docente de pós-graduação do Núcleo de Ciência da Informação na FaBCI/FESPSP. É membro do Conselho de Administração da SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura e consultora associada em projetos ligados à gestão da qualidade, informação e conhecimento, além de atuar como palestrante nesses temas.

Pierre Ruprecht é administrador. Foi professor de Metodologia da Pesquisa na área de Comunicação. Coordenou a área de multimeios e formação na Fundação do Desenvolvimento Administrativo e ministrou cursos na área. Foi coordenador geral da assessoria da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e gerente de planejamento e dirigente em empresas, entre elas a Editora Brasiliense e, mais recentemente, gerente de projetos na área cultural. É tradutor e, desde 2011, diretor executivo da SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura.

Ouvidoria Transparência SIC