Bibliotecas paulistas

Conheça as bibliotecas que fazem parte do SisEB

Crédito: Michele Iacocca

Todas as bibliotecas públicas municipais são integrantes do SisEB, mas para participar das atividades promovidas pelo sistema elas devem manter seus dados atualizados.

Desde 2007 o SisEB mantém um banco de dados online com informações sobre mais de 800 bibliotecas públicas municipais presentes em todas as regiões do Estado de São Paulo. Os dados são enviados pelas próprias bibliotecas e a atualização das informações é feita continuamente.

O objetivo desta ferramenta é promover estudos, pesquisas e ações para o contínuo aperfeiçoamento na gestão das bibliotecas, além de estimular o desenvolvimento de programas, projetos e atividades que incentivem e promovam à leitura no Estado. As informações coletadas servem de suporte para a criação de políticas públicas da Secretaria da Cultura.

O banco de dados tem acesso livre e gratuito para toda a comunidade e pesquisadores. Os relatórios estão disponíveis pelo site oficial.

 

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo mantém duas bibliotecas na cidade de São Paulo: a Biblioteca de São Paulo (BSP) e a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL). Ambas têm intuito de promover a leitura, integrar-se com as comunidades do entorno, oferecer atendimento humanizado e individualizado, além de proporcionar aos visitantes uma programação cultural rica e diversificada.

As duas bibliotecas estaduais são concebidas como modelo de práticas inovadoras dentro do conceito de “biblioteca viva”. Seus programas e atividades são disseminados para as bibliotecas do SisEB através de nossos eventos, cursos e publicações.

bsp-header1

A BSP foi inaugurada em 8 de fevereiro de 2010 e está localizada no Parque da Juventude, na zona norte da capital. Trata-se de um espaço público de aproximadamente 4 mil metros quadrados que oferece uma intensa programação cultural que inclui palestras, contação de histórias, discussões sobre temas literários, intervenções teatrais, apresentações musicais, cursos diversos e brincadeiras.

No seu extenso catálogo com mais de 39 mil itens constam, além dos clássicos e obras aclamadas pela crítica, os últimos lançamentos e os exemplares mais vendidos da literatura nacional e estrangeira, fato marcante que difere a Biblioteca de São Paulo de seus congêneres.

É considerada referência nacional de promoção e incentivo à leitura. Recebe visitas de profissionais da área de Biblioteconomia e Ciência da Informação, professores universitários, gestores da área cultural, prefeitos municipais, secretários estaduais de cultura e educação de diversos estados da federação que desejam conhecer o projeto e adaptá-lo às suas realidades.

Saiba mais no site oficial.

bvl_imagens-portfolio-31

Já a BVL, que segue os mesmos princípios consagrados pela BSP, teve a sua inauguração em dezembro de 2014 e oferece livros para empréstimo e ambientes para estudo, além de uma experiência diferente em leitura, lazer, aprendizado e diversão.

Ocupando área de 4 mil metros quadrados dentro do Parque Villa-Lobos, zona oeste da cidade, a biblioteca realiza todos os meses uma programação cultural que reúne atividades de interesse para todos os públicos.

O acervo, constantemente atualizado, tem foco na literatura e um olhar também para questões ambientais. É formado por livros, revistas, jornais, livros eletrônicos, audiolivros, HQs, DVDs e CDs, além de livros em braille e falados, voltados para pessoas com deficiência.

Aliás, assim como a BSP, a BVL é um ambiente inclusivo e acessível, possuindo diversos aparelhos de tecnologia assistiva.

Saiba mais no site oficial.

As bibliotecas comunitárias são espaços de incentivo à leitura criados e mantidos por iniciativa da sociedade civil organizada que promovem oportunidades de acesso à cultura, à informação e ao conhecimento de maneira gratuita.

O SisEB tem como objetivo valorizar e fortalecer as bibliotecas comunitárias, com o intuito de universalizar o acesso a serviços, coleções e programas.

Os profissionais das bibliotecas comunitárias participam continuamente de nossas capacitações presenciais e a distância e têm compartilhado suas experiências em nosso Seminário Biblioteca Viva. Também são objetivos do SisEB promover a articulação destas bibliotecas à rede de serviços oferecidos pelas bibliotecas públicas municipais e apoiar a atualização de seus acervos.

Você, que trabalha ou administra uma biblioteca comunitária, deseja manter contato com o SisEB e ficar por dentro de nossas ações? Envie seus dados pelo formulário online e faça parte de nossa rede de contatos.