/ governosp

Ana Paula Maia e Ignácio de Loyola Brandão estão entre os curadores do Prêmio São Paulo de Literatura, concedido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. A premiação irá contemplar um autor pela categoria “Melhor Romance de Ficção do Ano de 2019” e outro como “Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2019”. Cada ganhador receberá o prêmio de R$ 200 mil. Confira a lista completa dos curadores:

Ana Paula Maia – escritora e roteirista, com sete romances publicados, destacando-se “Assim na terra como embaixo da terra”, e “Enterre seus mortos”, vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura nas edições dos anos de 2018 e 2019, respectivamente.

Ignácio de Loyola Brandão – jornalista e escritor, passou pelas redações de Claudia, Última Hora, Realidade, Planeta, Ciência e Vida e Vogue, e do francês Lui.  Entre romances, contos, crônicas, relatos de viagens e livros destinados ao público infantil tem mais de 40 livros publicados.

João Cezar de Castro Rocha – escritor, historiador e professor de literatura Comparada, colunista da Veja e assessor ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e organizador de mais de vinte títulos, incluindo uma coleção em seis volumes dos contos completos de Machado de Assis além de presidir a Associação Brasileira de Literatura Comparada.

Martim Vasques da Cunha – escritor, colaborador dos jornais O Estado de São Paulo e Gazeta do Povo, doutor em Ética e Filosofia Política pela USP, ganhador da Ordem do Mérito Cultural de 2018, autor de “Crise e Utopia –O Dilema de Thomas More”, “A Poeira da Glória” e “A Tirania dos Especialistas”. Foi curador da 12ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura.

Sobre inscrições para a premiação, veja matéria no nosso blog em: http://siseb.sp.gov.br/estao-abertas-as-inscricoes-para-o-premio-sao-paulo-de-literatura-2020/. O site oficial do prêmio pode ser acessado em: https://premiosaopaulodeliteratura.org.br/.

 

 

Ouvidoria Transparência SIC