A Biblioteca de São Paulo (BSP), equipamento cultural da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerido pela organização social SP Leituras, é finalista do Prêmio Excelência Internacional 2018 da Feira do Livro de Londres, na categoria Biblioteca do Ano. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, pela organização da feira.

O prêmio, oferecido em parceria com a Associação de Editores do Reino Unido (UK Publishers Association), celebra as melhores iniciativas internacionais na área do livro em 17 categorias: audiolivro, livraria, inovação editorial, iniciativa educacional, festival literário, publicação acadêmica, publicação infantil, tradução literária, inovação digital, entre outras. Para cada uma delas, há um júri composto por especialistas na área.  Ao lado da BSP, concorrem ao prêmio bibliotecas de Oslo (Noruega), Aarhus (Dinamarca) e Riga (Letônia).

“O simples fato de estarmos entre os finalistas deste prêmio, junto com outras três bibliotecas extraordinárias, é o reconhecimento internacional do trabalho feito ao longo desses anos para oferecer à população uma biblioteca cidadã, aberta à diversidade e focada no público e nas comunidades a que serve”, disse Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras.

O material de candidatura da Biblioteca de São Paulo destacou os diferenciais do projeto e das atividades diárias, que transformaram a área onde anteriormente existia a Casa de Detenção do Carandiru em uma praça cultural, local de acolhimento e descobertas. Calcada no conceito de biblioteca viva, a BSP tem seu foco na valorização das pessoas, nos seus saberes e na troca de experiências.

“Reforça-nos em nossa missão, como biblioteca contemporânea, de servir como uma Ágora, como uma praça cultural destinada ao encontro das pessoas e comunidades, à discussão e à criação de conteúdos. E consolida uma parceria bem-sucedida entre o Governo do Estado de São Paulo e a SP Leituras”, completa Ruprecht.

O resultado será anunciado no dia 10 de abril, em Londres, durante a London Book Fair, uma das mais importantes feiras de livros do mundo, ao lado da de Frankfurt e Guadalajara.