/ governosp

Uma grande festa com programação especial marca a celebração dos 10 anos da Biblioteca de São Paulo (BSP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Organização Social SP Leituras (entre as 100 Melhores ONGs do Brasil, pelo segundo ano consecutivo). O espaço, que faz parte do SisEB, comemorará com encontros especiais (com Pedro Bandeira e Drauzio Varella, entre outros), workshop internacional (com inscrições encerradas), exposição, oficinas, espetáculo teatral, de música e muito mais. Tudo grátis!

A data oficial do aniversário é 8 de fevereiro, mas a festa tem atividades especiais durante todo o mês. No próximo domingo, dia 9, por exemplo, uma cerimônia e bate-papo com o médico Drauzio Varella se destaca na programação. Os escritores Pedro Bandeira, Marcelino Freire, Cidinha da Silva e Roberta Estrela D´Alva, por exemplo, são esperados no próximo dia 15 de fevereiro, sábado.

Mas a festa também inclui atividades que visam a formação geral e crítica de profissionais das áreas de biblioteca, leitura e literatura. Trata-se do Workshop Internacional Mediação: Uma Biblioteca para Hoje e para Todos, a ser realizado pelo SisEB nos dias 13 e 14 de fevereiro, das 9h30 às 16h30. Entre os convidados do evento (inscrições encerradas) estão Ignácio de Loyola Brandão e Gonzalo Oyarzún, do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas do Chile.

Sobre a BSP

Localizada no Parque da Juventude, no terreno em que funcionou a Casa de Detenção de São Paulo (conhecida como Carandiru), na zona Norte da capital paulista, a biblioteca soma mais de 3 milhões de visitantes e reúne o que há de mais moderno na área. Finalista do International Excellence Awards 2018, entregue durante a Feira do Livro de Londres, uma das mais prestigiadas do setor, a BSP já recebeu premiações como o Prêmio IPL na categoria Melhor Biblioteca do Ano e Prêmio Ações Inclusivas 2013, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

A biblioteca tem programação que atende públicos de diferentes faixas etárias e interesses diversos. Com oficinas, contações de histórias, cursos e atividades como xadrez e yoga, o equipamento vai além do acervo, promovendo, sobretudo, o compartilhamento de experiências e saberes. Inaugurada em fevereiro de 2010, a BSP foi inspirada na Biblioteca de Santiago, no Chile, faz parte do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) e totaliza 40 mil itens (livros, DVDs, CDs, além de jogos) no acervo. Pessoas com deficiência possuem acesso integral a todos os ambientes e podem utilizar o conjunto de audiolivros, livros em Braille e demais equipamentos de acessibilidade.

Confira a programação completa do aniversário de 10 anos da BSP, clicando aqui.

 

Ouvidoria Transparência SIC