Encontros com escritores - Viagem Literária

1º a 4 de Outubro
8 a 11 de outubro
15 a 18 de outubro
22 a 25 de Outubro

Módulo_Presencial

Foto: Lorena Dini

Aline Bei

Nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras e Artes Cênicas e pós-graduada em Escritas Performáticas. O peso do pássaro morto (Nós), finalista do Prêmio Rio de Literatura e vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura e do Prêmio Toca, é o seu primeiro livro. Em 2021, lançou seu segundo romance, Pequena coreografia do adeus (Companhia das Letras). A obra foi finalista do Prêmio Jabuti e do Prêmio São Paulo de Literatura e já vendeu mais de 120 mil cópias. Os dois livros foram publicados em Portugal pela Particular Editora e estão com os direitos vendidos para o cinema e teatro. A Pequena coreografia do adeus também será adaptada para um espetáculo de flamenco.

_DATAS E HORÁRIOS

22/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Sabino
23/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Lins
24/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Uru
25/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Borborema
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: André Arruda

Carlos Eduardo Pereira

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1973. Cursou História e Letras, na habilitação Formação do Escritor. Tem contribuições em diversas antologias de contos, como a Coleção identidade da Amazon, a revista Granta em Língua Portuguesa, as coletâneas Dias de domingo (Record), Contos de axé (Patuá) e Vivo muito vivo (Record), os romances Enquanto os dentes (Todavia) – semifinalista do Prêmio Oceanos e finalista do Prêmio São Paulo de Literatura –, e Agora agora (Todavia) – finalista do Prêmio Jabuti –, o infantil Bailinho (Baião), entre outras publicações literárias.

_DATAS E HORÁRIOS

15/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Ibiúna
16/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Itapevi
17/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Cotia
18/10 • ESCOLA*, ÀS 10h | BIBLIOTECA, ÀS 14h30 • São Paulo - BSP
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Divulgação

Claudia Lage

Escritora e roteirista, formada em Teatro e Letras, é mestre e doutoranda em Literatura. Foi contemplada no Concurso Literário Stanislaw Ponte Preta e no Prêmio Guimarães Rosa. Autora do livro de contos A pequena morte e outras naturezas (Record), lançou Labirinto da palavra (Record), com ensaios-crônicas sobre literatura, que recebeu o Prêmio Brasília e foi semifinalista do Prêmio Portugal Telecom (atual Oceanos). Trabalhou como roteirista em produtoras como TV Globo, Conspiração Filmes, TeleImage, entre outras. Desde 2004, ministra cursos de roteiro e escrita criativa. Escreveu os romances Mundos de Eufrásia (Record), finalista do Prêmio São Paulo de Literatura, e O corpo interminável (Record), vencedor da premiação.

_DATAS E HORÁRIOS

15/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • São Sebastião
16/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Guararema
17/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Santo André
18/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Diadema
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Divulgação

Cristina Judar

Mestrande em Literatura, leciona no Curso Livre de Preparação de Escritores, da Casa das Rosas. Escreveu as HQs Lina (Estação Liberdade) e Vermelho, vivo (Devir), e o livro de contos Roteiros para uma vida curta (Reformatório), que recebeu menção honrosa no Prêmio Sesc de Literatura. Seu romance de estreia, Oito do sete (Reformatório), foi finalista do Prêmio Jabuti e ganhador do Prêmio São Paulo de Literatura. Elas marchavam sob o sol (Dublinense) teve os direitos de publicação vendidos para editoras de Moçambique, Egito e Itália.

_DATAS E HORÁRIOS

08/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Franca
09/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Batatais
10/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Cravinhos
11/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Ibaté
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Divulgação

Cristovão Tezza

Romancista, contista, cronista e ensaísta, é autor de mais de 20 livros publicados no Brasil. Suas obras já foram traduzidas em 18 países, como China, Estados Unidos, Noruega, México, Eslovênia e Inglaterra. Durante muitos anos assinou resenhas e textos críticos nos jornais Folha de S.Paulo, O Globo, O Estado de S.Paulo e na revista Veja. Foi cronista semanal do jornal  Gazeta do Povo. Seu romance O filho eterno (Record) foi vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura. A tradução para o inglês, intitulada The eternal son (Scribe), foi finalista do Prêmio Literário Internacional IMPAC de Dublin. O livro foi considerado um dos 10 melhores de ficção publicados em língua inglesa no biênio 2011 e 2012. A edição francesa, Le fils du printemps (Metailiè), recebeu o Prêmio Charles Brisset do Instituto de Psiquiatria da França.

_DATAS E HORÁRIOS

08/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Pinhalzinho
09/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Itatiba
10/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Caieiras
11/10 • ESCOLA*, ÀS 10h | BIBLIOTECA, ÀS 14h30 • São Paulo - BVL
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Flor Reis

Davi Boaventura

Escritor, tradutor e fotógrafo, nasceu em 1986. É doutor em Escrita Criativa e formado em Comunicação Social. Publicou Talvez não tenha criança no céu (Virgiliae), 17 de abril (Dublinense) e Mônica vai jantar (Dublinense), livro adaptado para o teatro e indicado ao Prêmio São Paulo de Literatura, Prêmio AGES e Prêmio Minuano de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

01/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Cananéia
02/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Itanhaém
03/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Cubatão
04/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • São Bernardo do Campo
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Bruno Vinelli

Débora Ferraz

Nasceu em Serra Talhada e é formada em Comunicação Social. Escreveu seu primeiro livro de contos, Os anjos, aos 13 anos e o publicou aos 16 de forma independente. O conto O filhote de terremoto, publicado na edição online da Revista Cult, inspirou o curta-metragem Catástrofe e integrou a coletânea do Prêmio Sesc de Contos Machado de Assis. Enquanto Deus não está olhando (Record), seu primeiro romance, foi vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

15/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Adamantina
16/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Parapuã
17/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Bastos
18/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Herculândia
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Renato Parada

Flavio Cafiero

Formado em Comunicação Social e Atuação. Publicou Dez centímetros acima do chão (Faria e Silva), obra contemplada com o Prêmio Jabuti, O capricórnio se aproxima (e-galáxia) e Diga que não me conhece (Todavia), livro vencedor do prêmio da Associação Paulista de Críticos Teatrais. Ministra oficinas de escrita criativa e foi bolsista do Criar Lusofonia, cumprindo residência literária em Lisboa. Seus romances O frio aqui fora (Cosac & Naify) e Espera passar o avião (Todavia) foram finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

08/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Barão de Antonina
09/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Ourinhos
10/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Santa Cruz do Rio Pardo
11/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Lençóis Paulista
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Divulgação

Ignácio de Loyola Brandão

Jornalista e escritor, passou pelas redações dos periódicos brasileiros Claudia, Última Hora, Realidade, Planeta, Ciência e Vida e Vogue, e do francês Lui. Atualmente é colunista do jornal O Estado de S.Paulo. Tem 45 livros publicados, entre romances, contos, crônicas, relatos de viagens e literatura infantil, com tradução para diversos idiomas. Com O menino que vendia palavras (Companhia das Letrinhas) ganhou o Prêmio Jabuti. Recebeu da Academia Brasileira de Letras o Prêmio Machado de Assis pelo conjunto de sua obra e foi eleito por unanimidade para ocupar a cadeira 11, que pertencia a Helio Jaguaribe. Desta terra nada vai sobrar, a não ser o vento que sopra sobre ela (Global) foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

01/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Presidente Venceslau
02/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Rosana
03/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Narandiba
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Divulgação

Jessica Cardin

Formada em Marketing e História da Arte. Faz parte do coletivo de escritores Água na Peneira e é autora de Para onde atrai o azul (Quelônio), seu primeiro romance, com o qual foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura. Também foi organizadora da coletânea O concerto das letras: contos inspirados em música (Tipografia Musical).

_DATAS E HORÁRIOS

15/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Ubarana
16/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Tabapuã
17/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Monte Aprazível
18/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Colina
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Renata Massetti

João Anzanello Carrascoza

Nasceu em Cravinhos, em 1962. Redator publicitário, atuou durante duas décadas em grandes agências de propaganda do país, enquanto dava aulas na universidade onde se graduou e, mais tarde, fez mestrado e doutorado. Em 1994, publicou seu primeiro livro, Hotel solidão (Scritta Brazil) e, de lá para cá, consolidou uma obra extensa e premiada, que transita entre o conto, o romance e a novela infantojuvenil, com uma prosa poética que flerta com o lirismo, as relações humanas e a investigação das subjetividades. Aos 7 e aos 40 (Alfaguara), Caderno de um ausente (Cosac & Naify) e Elegia do irmão (Alfaguara) foram finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

22/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Marília
23/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Vera Cruz
24/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Garça
25/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Pederneiras
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Rafael Motta

Marcela Dantés

Nascida em Belo Horizonte, em 1986, cursou Publicidade e Propaganda. Foi autora residente do Festival Literário Internacional de Óbidos, em Portugal. Sua coletânea de contos Sobre pessoas normais (Patuá) foi semifinalista do Prêmio Oceanos. Escreveu Nem sinal de asas (Patuá) e João Maria Matilde (Autêntica), romances finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

01/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Mococa
02/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Santa Cruz das Palmeiras
03/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Porto Ferreira
04/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Cordeirópolis
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Renato Prada

Mariana Salomão Carrara

É defensora pública e escreve desde muito jovem. Suas obras começaram a ganhar repercussão nacional a partir de 2019. Escreveu Se deus me chamar não vou (Nós) e É sempre a hora da nossa morte amém (Nós), ambos indicados ao Prêmio Jabuti. O romance Não fossem as sílabas do sábado (Todavia) foi vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

01/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • São José do Barreiro
02/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • São Bento do Sapucaí
03/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • São José dos Campos
04/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Itaquaquecetuba
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Raissa Azeredo

Maurício de Almeida

Formado em Antropologia, participou das coletâneas Como se não houvesse amanhã (Record), O livro branco (Record), Dias de domingo (José Olympio) e tem contos publicados em revistas e jornais, além de traduções para o espanhol e para o inglês. É autor de Equatoriais (Maralto Edições), Beijando dentes (Record), livro de contos ganhador do Prêmio Sesc de Literatura e A instrução da noite (Rocco), romance vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

15/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Charqueada
16/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Piracicaba
17/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Limeira
18/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Nova Odessa
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Melissa Guimarães

Micheliny Verunschk

É escritora, mestre em Literatura e Crítica Literária e doutora em Comunicação e Semiótica. É autora de Geografia íntima do deserto (Landy), Desmoronamentos (Martelo), O movimento dos pássaros (Martelo), ganhador do Prêmio Biblioteca Nacional, O som do rugido da onça (Companhia das Letras), vencedor dos prêmios Jabuti e Oceanos, e Nossa Teresa – vida e morte de uma santa suicida (Patuá), que conquistou o Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

22/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Lourdes
23/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Birigui
24/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Penápolis
25/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Guaiçara
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Raphael Picerni

Sheyla Smanioto

Escritora, pesquisadora e professora de escrita. É formada em Estudos Literários e mestre em Teoria e História Literária, com pesquisa sobre a relação entre escrita, corpo e sonho. Também possui formação em dramaturgia. Autora dos romances Desesterro (Record) e Meu corpo ainda quente (Nós), obras finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura, recebeu apoio do Rumos Itaú Cultural duas vezes e foi reconhecida com os prêmios Sesc de Literatura, Biblioteca Nacional, Jabuti e PEN Translates Awards.

_DATAS E HORÁRIOS

08/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Pereira Barreto
09/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Santa Fé do Sul
10/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Guararapes
11/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Valparaíso
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Foto: Francine Fischer

Taiasmin Ohnmacht

Psicanalista e escritora. Foi relacionada no catálogo Intelectuais negras visíveis (Malê), lançado na Festa Literária Internacional de Paraty. Lançou a novela Visite o decorado (Figura de Linguagem) e é autora dos livros Uma chance de continuarmos assim (Diadorim) e Vozes de retratos íntimos (Taverna), vencedor dos prêmios literários Açorianos e AGES, e finalista do Prêmio Jabuti e do Prêmio São Paulo de Literatura.

_DATAS E HORÁRIOS

22/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Pardinho
23/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Itapetininga
24/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Tatuí
25/10 • ESCOLA*, ÀS 14h30 | BIBLIOTECA, ÀS 19h • Itu
* Atividade fechada que será realizada em escola pública parceira (para mais informações, consulte a biblioteca).


Blog

Fique por dentro de tudo o que acontece nos três módulos do Viagem Literária!

Vem aí mais uma edição do Viagem Literária!

Vem aí mais uma edição do Viagem Literária!

Prepare-se para embarcar na 16ª edição do Viagem Literária! Em 2024, o programa vai levar os participantes a uma jornada encantadora pelo mundo dos livros, onde histórias ganham vida e a imaginação voa sem limites.Em torno de atividades voltadas à poesia do cordel e o Prêmio São Paulo de Literatura, neste ano, 335 novas iniciativas lideradas por 42 figuras inspiradoras serão apresentadas em turnê por 67 bibliotecas de 66 municípios paulistas, em uma iniciativa da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo.Enquanto arruma as malas para partir para esta grande jornada pelo universo da literatura, livros, contação de histórias, bibliotecas, encontros com escritores e muito mais, entre no clima da viagem!De agosto a outubro deste ano, acontecerão três módulos: Contação de Histórias: Literatura de Cordel (6 a 30 de agosto), Clubes de Leitura: Prêmio São Paulo de Literatura (2 a 27 de setembro) e Encontros com Escritores: Prêmio São Paulo de Literatura (1º a 25 de outubro).Para celebrar junto aos participantes, alguns dos títulos dos 17 escritores envolvidos neste módulo estão disponíveis na BibliON, a biblioteca digital gratuita de São Paulo.  Todas as ações são abertas aos públicos e a programação completa pode ser encontrada aqui.O programa do Governo do Estado de São Paulo, por meio do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas), é realizado pela SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura. Desde a sua criação em 2008, o Viagem Literária já percorreu 235 municípios paulistas com cerca de quatro mil ações. Contou com a participação de 294 convidados e impactou mais de 380 mil pessoas. Boa viagem!
Até breve!

Até breve!

A edição de 2023 do programa Viagem Literária terminou após quatro meses de intensa programação. A caminhada foi longa: mais de 17 mil quilômetros percorridos, passando por 72 bibliotecas de 71 cidades do Estado de São Paulo. Ao todo, foram realizadas 360 ações presenciais e online para um público de cerca de 16 mil pessoas. O ponto alto do projeto foi a participação de 18 grupos/contadores de histórias e 36 escritores, que compartilharam seus talentos e vivências literárias. Neste ano, o programa foi estruturado em três módulos, cada um oferecendo uma experiência única para os participantes. O primeiro abraçou a escrita criativa, com destaque para o ambiente de aprendizagem colaborativo, onde era possível compartilhar ideias, receber feedback dos autores e aprender novas técnicas e estilos. Foram 72 encontros virtuais, com 1.134 participantes, promovidos por um elenco de peso: Bruna Beber, Bruno Ribeiro, Edson Krenak, Flávio Cafieiro, Helo D’Angelo, Ilustralu, Márcio Vassallo, Michel Yakini-Iman, Neide Almeida, Plínio Camillo, Rafael Gallo, Reginaldo Pujol Filho, Roberto Ferreira, Sacolinha, Socorro Acioli, Stephanie Borges, Vanessa Passos e Wlange Keindé. O segundo módulo foi dedicado à contação de histórias, onde os profissionais convidados encantaram a plateia com brincadeiras, música e narrativas envolventes, despertando a imaginação e a paixão pela leitura. Foram 144 apresentações presenciais, dirigidas a mais de 12 mil pessoas, realizadas por um seleto time, composto por Ademir Apparício, Badaiá Arte, Camila Genaro, Cia. Bisclof, Cia. Koi, Cia. Malas Portam, Cia. Mapinguary, Cia. Pé do Ouvido, Cleber Fabiano, Cristino Wapichana, Drika Nunes, Ih, Contei!, Ivani Magalhães, Jô Jorvino, Mandingueiras da Pracinha, Mari Bigio, Sandra Guzmán & Cia. Rabo de Cutia e Tricotando Palavras. O terceiro módulo, Oficinas e Encontros com Escritores, permitiu um contato direto do público com grandes autores, como Aline Valek, André Dahmer, Cláudia Lemes, Estevão Azevedo, Fábio Kabral, Felipe Castilho, Ignácio de Loyola Brandão, Ilan Brenman, Joselia Aguiar, Julie Dorrico, Lúcia Hiratsuka, Luciene Vignoli Müller, Luiza Romão, Michel Yakini-Iman, Monique Malcher, Nina Rizzi, Rita Carelli e Sergio Rodrigues. As aulas e bate-papos presenciais sobre os processos e bastidores da criação literária resultaram em momentos de aproximidade e interação entre os autores e leitores e contaram com a presença de 3.445 pessoas. Ao longo de toda programação, o Viagem Literária celebrou não apenas a literatura brasileira contemporânea, dando luz a obras de vários escritores, mas também fortaleceu a importância das bibliotecas como espaços de encontro, aprendizado e diversidade cultural, deixando como legado a formação de novos leitores e escritores. O Viagem Literária é um programa do Governo do Estado de São Paulo, realizado por meio do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas), gerenciado pela SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura. Desde a sua criação em 2008, o programa já percorreu 235 municípios paulistas com mais de 3.600 ações. Contou com a participação de cerca de 300 grupos de contadores de histórias e escritores, e um público de mais de 381 mil pessoas.      
Memórias em cena

Memórias em cena

Fugir do lugar-comum e repensar as cenas do cotidiano com um olhar poético. Essa foi a proposta oficina de escrita criativa “Memórias em cena” da escritora, poeta, educadora e gestora cultural Neide Almeida, para a 16ª edição do programa Viagem Literária. Os encontros virtuais foram realizados de 27 a 30 de novembro, nas bibliotecas das cidades de Jundiaí, Várzea Paulista, Pirapora do Bom Jesus e São Paulo. A primeira atividade da turma foi descrever uma cena vivida ou simplesmente testemunhada. “A partir do conceito ‘escrevivência’, cunhado por Conceição Evaristo, a proposta é registrar por meio da escrita uma cena que tenha afetado os participantes para além de suas vivências individuais”, descreve Neide. O exercício consistia em narrar um acontecimento presenciado pelos participantes, mas com um olhar poético. “Ao usar uma outra lente para enxergar fatos corriqueiros conseguimos ver além do óbvio, isso é o que chamamos de memória poética.” A parte prática do encontro ficou por conta inicialmente da criação de uma legenda para a cena escolhida e posteriormente o desenvolvimento de uma pequena parte de uma história a partir do fragmento escolhido. Como inspiração para o grupo, a autora trouxe trechos de textos de memórias poéticas de autores como Carolina Maria de Jesus, Alberto da Costa e Silva, Zainne Lima da Silva, Ricardo Aleixo e da própria autora.   Neide Almeida é socióloga e especialista em Gestão Cultural e mestra em Linguística. Publicou o livro Nós: 20 poemas e uma Oferenda e tem publicado poemas e crônicas em revistas e antologias. Realiza cursos e eventos pela Fio.de.Contas Produções Culturais.