Prezado(a) colega,

O que você tem feito para chamar a atenção das organizações / instituições locais para a biblioteca em que trabalha?

A SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura, responsável pela gestão operacional do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB), quer conhecer melhor e saber mais sobre as práticas de articulação e advocacy¹  que acontecem nas bibliotecas de acesso público brasileiras.

Sua participação é importantíssima para compreendermos e elaborarmos o diagnóstico atual.
Colabore conosco respondendo a pesquisa que estará disponível até 20 de outubro.
As respostas são anônimas e o preenchimento completo leva cerca de 5 minutos.
https://forms.gle/QjYbSoCacLZyqJB99

Os resultados consolidados da pesquisa serão enviados a todos e divulgados no portal do SisEB.
Agradecemos a sua valiosa colaboração!

 

¹ Advocacy – Ainda não há um termo correspondente direto em língua portuguesa. Seu significado pode ser traduzido como defesa e/ou engajamento ativo em relação a uma causa ou proposta. Advocacy envolve ação, isto é, identificar, adotar e promover uma causa no âmbito da sociedade como um todo. Tem como objetivo “chamar a atenção do público e de seus representantes para um assunto com o qual é necessário lidar”.
Fontes: Manual das Pessoas que Advogam pelas Bibliotecas, da American Library Association – Associação Americana de Bibliotecas (http://siseb.sp.gov.br/wp-content/uploads/2017/01/Manual-das-pessoas-que-advogam-pelas-bibliotecas.pdf) e Notas de Biblioteca 7 – Bibliotecas públicas e seus desafios para a construção de uma sociedade leitora: Diálogos do 6º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (http://siseb.sp.gov.br/arqs/Notas_7_web.pdf).