31/01/2012

Banco recebe a partir desta quarta-feira, 1º, até 15/3 propostas para eventos e publicações com início entre junho e agosto deste ano.

O BNDES abre nesta quarta-feira, 1º, o segundo ciclo de inscrições para o processo seletivo de patrocínio de 2012. Projetos cuja realização esteja programada para os meses de junho, julho ou agosto podem pleitear apoio até o dia 15 de março. O primeiro ciclo (inscrições de novembro a dezembro de 2011 e realização entre março e maio de 2012) terá seu resultado divulgado no portal do Banco até o dia 10 de fevereiro.

Haverá ainda um terceiro período de inscrições, entre os dias 1º de maio e 15 de junho, referente a projetos com início previsto para os meses de setembro a novembro. O cronograma faz parte do novo sistema adotado pelo Banco para recebimento de solicitações de patrocínio a publicações e eventos culturais e técnicos. O objetivo é garantir maior agilidade à análise dos pleitos.

Os proponentes selecionados para apoio financeiro serão notificados nos meses de fevereiro, maio e agosto de 2012, de acordo com o ciclo de inscrição. A lista dos projetos selecionados será disponibilizada na página  www.bndes.gov.br/patrocinio, onde também é possível consultar informações sobre a política de patrocínio do BNDES. 

Atuação em 2011 – O Banco viabilizou, por intermédio do patrocínio, a realização de mais de 120 projetos em 2011, com um aporte de mais de R$ 20 milhões, destinados a seminários, congressos, feiras, espetáculos, exposições e festivais.

Com suas ações de patrocínio, o BNDES contribui para a realização de eventos ligados a temas importantes para a instituição, tais como inovação, meio ambiente, desenvolvimento regional e inclusão social, dentre outros.

Na área cultural, investiu na realização de projetos relacionados a cinema, música, dança, literatura e patrimônio histórico, buscando não apenas contribuir para a difusão da cultura brasileira, como também estimular o crescimento econômico do setor.

O patrocínio a eventos e publicações é realizado anualmente pelo BNDES e soma, desde 2004, um investimento de cerca de R$ 70 milhões, em mais de 600 projetos.

 

Fonte: http://bit.ly/zDvmW9